O Garoto quase atropelado - Vinícius Grossos


Autor:Vinícius Grossos
Editora: Faro editorial
(Parceira com a editora)
2015 - 271 págs.
Sinopse: Skoob

Como vocês sabem eu já li dois livros do Vinicius (1+1 A matemática do amor e O verão em que tudo mudou) e gostei muito; por isso estava bem curiosa para conhecer a história de 'O Garoto quase atropelado' e confesso que esperava um pouco mais, sei lá me deixou meio pra baixo, mas ao mesmo tempo a narrativa do autor é tão boa que não dava vontade de parar de ler. Como sempre a adição da Faro editorial está linda e a revisão perfeita, não lembro de encontrar erros ao longo da leitura. Acredito que quem leu e gostou do livro As vantagens de ser invisível também irá amar esse livro. Ambos os livros falam de perdas e superação de traumas físicos e emocionais.

O livro é escrito em forma de diário e os capítulos são os dias da vida do protagonista em determinado período, o autor deixa claro desde o início que o protagonista não terá o nome revelado para que o leitor entenda que essa história poderia ser sobre qualquer pessoa próxima a ele, um vizinho, um familiar ou um amigo de escola.

A vida do nosso protagonista não está nada bem, desde que perdeu um amigo mais que especial. Ele acaba ficando um tempo recluso para colocar a cabeça no lugar e em uma dos seus passeios de bicicleta ele acaba quase sendo atropelado e esse ponto torna-se um divisor de águas na vida dele. Ele conhece três jovens que o farão perceber que não apenas ele está sofrendo e que juntos eles ficavam mais fortes para resistir as provações da vida.

"Amizades verdadeiras nascem dos momentos mais inusitados e impróprios." pág.43

"Acho que por trás de toda pessoa que parece poderosa existe alguém bem frágil e com a alma cheia de buracos. (...) Sinto que minha alma tem tantos buracos de dor 
que é quase como se não restasse mais nada." pág.74

"Parecia que todo o caos dos dias anteriores havia evaporado; soava como um passado muito distante ou até mesmo, uma realidade alternativa." pág. 131

As histórias de vida dos personagens são bem fortes e nos exemplificam o quanto o ser humano pode ser ruim e causar problemas físicos e emocionais uns aos outros. Como já citei no início do texto, fiquei emocionalmente abalada enquanto lia esse livro (precisei de alguns dias de afastamento do enredo para consegui escrever minha opinião), o autor consegue atingir o leitor justamente por tratar de temas atuais, reais e possíveis em qualquer ciclo social. Penso que livros assim deveriam ser lidos e debatidos devido seus alertas contra preconceitos, agressão, autoestima, medos, família e sentido da vida, entre outros temas.



De uma forma geral gostei muito da história, apesar de não estar preparada para levar esse golpe emocional que recebi, mas por tudo que o enredo representa gostei por me fazer refletir mais uma vez sobre algo que pode ou não estar próximo a mim. E acredito que criamos experiências não só com o que vivemos no dia a dia, mas com os livros, filmes, séries e novelas que conhecemos, dessa forma vivenciamos junto com os personagens situações que nos preparam caso as mesmas venham a se concretizar na nossa vida. É isso meus amores, indico esse livro para todos que desejam um leitura em primeira pessoa que levará o leitor a sofrer junto com os personagens, aprender com as situações e renascer das cinzas pronto para iniciar uma nova vida. Fica a dica de nacional mais que emocionante.







Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

8 comentários:

  1. Olá amiga, boa tarde ^^
    Tenho muita vontade de ler os livros do Vinícius Grossos pela simpatia do autor e pelas capas das obras (acho lindas *-*).
    Achei interessante a premissa desse livro, e se lembra "As vantagens de ser invisível", com certeza irei gostar dessa leitura.
    Beijinhos, parabéns pela resenha e obrigada pela dica de leitura.
    Isabelle - Attraverso le Pagine
    http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá! Tudo bom?
    Gostei muito da premissa do livro, ainda não li nada do autor mas tenho muita vontade, gosto de histórias onde os personagens trazem uma bagagem bem marcante, e esse parece ser do tipo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. OI, Aline!

    Eu compraria o livro pela capa, pois comprei um bem parecido com esse por causa da capa, se chama Quando o Vento Sumiu. Capa amarela, com uma bicicleta na capa da Graciela Mayrink. Também com uma história bem trágica. Fiquei curiosa para saber sobre esse que você postou! Obrigada pela dica. Abração,
    Drica.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Aline
    Tenho muita curiosidade em ler esse livro. Gosto de livros com uma carga emocional assim e esse livro ainda por cima parece ser uma fofura. Que bom que também faz parte do time que amou o livro. Quero ler.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  5. não conhecia a obra nem o autor...
    Adorei conhecer através de sua resenha.
    O enredo parece ser bem envolvente.
    Vou anotar a dica!!

    beijinhos!!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Conheci o autor na bienal de 2015 e achei a história super interessante. Na época não consegui comprar a obra mas até hoje tenho vontade de ler.
    Que bom que foi uma boa leitura para você!

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Aline.

    Eu já tinha lido algumas resenhas sobre esse livro em outros blogs e estava com muita vontade de ler. Sua resenha deixou essa sensação de ter o livro em mão para começar a leitura. Dica anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Sempre tive muita vontade de ler os livros deste autor, principalmente este em questão por se trata de uma estória com personagens reais, dos quais podem ser qualquer pessoa que vive perto de nos, passando por situações difíceis e problemas pessoais, uma pena que o personagem principal não tenha um nome, acredito que se tivesse não mudaria o fato do qual poderíamos pensar de que muitas pessoas podem estar vivendo o mesmo que ele.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir