O Pássaro - Samanta Holtz

Autora: Samanta Holtz
Editora: Novo Século
Selo: Novos Talentos da Literatura Brasileira
2012
480 págs.

Nem acredito que consegui terminar esse livro, a tempos ele esta na minha estante mas só agora foquei minha atenção nessa grande história. Adorei a forma gradual como fui conquistada pelo enredo, minha emoção foi crescendo ao longo da leitura. Meus sentimentos de raiva, compreensão, expectativa e torcida pelos personagens só cresceram e se manifestaram nos momentos certos. O final me arrancou lágrimas de alivio por Caroline que tanto sofreu durante toda história.
Vocês podem ler minha resenha não colocarei spoiler e também reconheço que não conseguirei expressar nem metade de toda grandeza dessa história cheia de mensagens, sofrimentos e encantos.

No inicio da história (1227) conhecemos um pouco do período feudal e da rotina do feudo da família Mondevieu. Esse período onde as relações humanas eram terríveis e injustas, principalmente por não haver mobilidade social e os servos que trabalhavam para os senhores feudais serem praticamente escravos. E as mulheres viverem uma vida de submissão primeiro ao pai e depois ao marido. Enfim nessa história conhecemos algumas mulheres que a seu modo tentaram encontrar meios que a possibilitassem levar uma vida mais livre e cheia de sentimento, principalmente de amor.

"Estou sufocada por tudo que me rodeia. Minha família, a sociedade, as regras a serem seguidas ... - fechou os olhos, exausta. - As vezes, acho que não pertenço a este lugar!" Pág. 37

" Menina, nem tudo o que nos acontece é como desejamos. Pessoas que vivem como me disseste, que riem à vontade e são livres de regras, sonham com uma condição como a sua!" Pág.37

"Sentia-se como uma águia no topo de uma montanha, diante de todo um horizonte a ser conquistado, porém com as duas asas presas ao corpo." Pág.38

Nessa leitura pude conhecer um pai, marido e sr. feudal que não sabia ser bom, afetuoso e amoroso mas sim o pior entre os piores em autoritarismo, maldade, violência e só visava o lucro, o poder e o prestigio social (sua preocupação em manter a aparência de família feliz e perfeita era ridícula). Conheci sua esposa e duas filhas que sofriam com seus desmandos, mas Carolina (a mais nova) desde pequena já indicava que não aceitaria que seu pai decidisse o rumo de sua vida com tanta facilidade, mas sim lutaria com as "armas" que encontrasse pela vida para viver a liberdade tão sonhada por ela. Serão muitas situações que a farão amadurecer e aprender com seus erros. Além disso ao longo da história  muitas serão as reviravoltas e segredos do passado dessa familia revelados. E em relação a isso dou os parabéns a autora porque ficou tudo bem amarradinho e estruturado, não deixando margem para dúvidas e questionamentos.

Adoro ciganos e achei muito interessante a parte em que eles entram na história e toda a contribuição e importância deles no desenrolar dos fatos.
As mensagens e exemplos sobre o amor e a luta por uma vida mais rica de sentimentos e verdade são tão sinceras, simples e reais que nos inspiram e motivam a continuar a ler a história. E por fim consegui perceber como um sonho e exemplo de uma pessoa pode inspirar e até mobilizar toda uma geração de mulheres a correr em busca de uma vida melhor, mesmo que para isso precisem passar por cima das convenções de sua época e deixar costumes de lado.

Enfim acredito que todos que gostam de uma boa história de superação e amores impossíveis e claro aqueles que apreciam romances de época com toques que histórico deveriam ler esse livro. Ele simplesmente é bem escrito, envolvente e cheio de reviravoltas e claro com um final emocionante. Fica a dica de leitura nacional de qualidade.



Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!!
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!!???

12 comentários:

  1. Oi, Aline.

    Eu ainda não nenhum romance de época, e sou doido para ler um livro assim, sou mega curioso para ler esse estilo hahaha. Esse livro me chamou muita atenção e esse quotes então, melhor ainda. O que é melhor? NACIONAL, e como você disse e assim espero (eu quero ler muito) de qualidade. E sua resenha está maravilhosa.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aline.
    Tenho um amigo que é apaixonado por esse livro e também pela autora. Só que, até o momento, não tinha lido nada a respeito do mesmo. É interessante o fato da autora mesclar fatos históricos na narrativa, esse tipo de enredo é o que mais me atrai.

    Até hoje, acredito, algumas jovens e mulheres ainda sofrem com esse tipo de maltrato e sou completamente conta isso. Algo mais interessante me chamou atenção, a autoria é nacional. A valorização de autores nacionais é importantíssimo! ;)

    Abraços.
    Entre Livros e Livros.
    http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Aline, realmente é um livro supeeeeeeeeeeeeeer bem escrito. Foi o detalhe que mais me cativou na leitura. A autora está de parabéns!!! Querida e caprichosa naquilo que faz. Beijinhos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Aline, boa tarde ^-^
    Interessante o livro. Eu já tinha visto uma vez mas não parei para ver exatamente do que se tratava a história. Sua resenha me deixou co uma baita vontade de ler *---* E achei muito legal a história se passar anos (muitos ^-^) antes. É um romance de época, né?! Sou doida para ler livros assim.
    Parabéns pela resenha e obrigada pela dica de livro!
    Beijinhos e que venham outras boas leituras.
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Aline!
    Ah, esse livro é muito lindo! A escrita da Samanta é primorosa e muito emocionante. Foi uma leitura que eu gostei bastante e é uma história inesquecível. :)
    Adorei sua resenha!

    Beijos,

    Rafa{Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  6. Eu vi poucas resenhas desse livro, mas todas me agradaram. Pelas tuas palavras eu me sinto mais ansiosa por ler a história desse senhor feudal, pai...

    Ele realmente deve mexer com os leitores, porque as resenhas sempre mexem comigo.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Aline.... Nunca nem tinha ouvido falar desse livro mas sua resenha ta legal e me fez interessar pra ler o livro ;)

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Livro lindo de uma autora parceira do nosso blog!
    Muito linda sua resenha e concordo com tudo o que diz!
    Adorei ver esse livro aqui
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  9. Ei Aline!
    Tenho tanta vontade de ler algo da Samanta! E já ouvi falar tão bem desse livro. Vou ver se na próxima bienal eu consigo comprá-lo, finalmente <3
    Sua resenha está linda :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi flor,
    Tudo????Consegui um tempinho e vim te visitar. Sabe que faz tempoo que quero ler esse livro. Acho que ia gostar bastante e pela sua resenha só fiquei mais interessada ainda??Ciganos na história???Isso eu não imaginaria. Se tiver oportunidade com certeza vou querer ler.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Aline,
    Eu tenho o livro, mas ainda não o li.
    Adoro romances de época e históricos, então vou me apaixonar pelo livro.
    A Samanta é uma fofa.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Que legal esse livro, gosto muito dessa parte de feudos em história e ainda misturado com esses outros elementos que você citou, acho que seria uma boa leitura para mim!

    Lara - whoisllara.com
    (peço desculpas pelos dias que estive sumida)

    ResponderExcluir