O menino Plebeu - D. R. Melo



Autor: D. R. Melo
Editora: Desfecho
182
págs
(E-book cedido pelo autor)

Nesse livro encontramos a história de um menino que mora em um povoado chamado Plebe, lá as crianças costumam ter aulas informais com o Bobo da corte sobre as coisas da vida. No inicio temos o foco no menino-plebeu e mais duas crianças, mas logo depois a historia se concentra só no menino-plebeu. Depois de uma aula onde o Bobo da corte diz que um dia o menino será rei, ele sem acreditar no bobo, já que nessa época não existia mobilidade social, quer dizer se você fosse um plebeu você nunca deixaria de ser um, enfim o menino vai pra casa e após uma noite bem dormida acorda em um lugar totalmente inesperado. O menino-plebeu não estava mais em casa e sim dormindo ao ar livre em frente a propriedade de um ferreiro que logo vem questionar o porque do garoto estar ali e o que o mesmo queria e de onde vem? Esse totalmente confuso desabafa com o ferreiro e explica não saber como e porque está ali e pergunta como faz para voltar para plebe e para sua mãe. Aí tem início sua longa jornada de volta para casa. Durante esse percurso o menino encontrará muitas pessoas diferentes com as quais travará batalhas de opiniões e assim terá que fazer escolhas e arcar com as consequências delas. 

"Melhor obter novos modos de pensar do que apenas reafirmar seu próprio modo, pois assim tem-se a oportunidade de aprender mais." pág. 51

Passei a leitura inteira louca para saber se ele iria conseguir voltar para casa e a cada pessoa que ele encontrava pelo caminho eu me perguntava se seria essa a levar o menino de volta, mas confesso que o melhor de tudo foi perceber o quanto o menino amadurecia e ajudava as pessoas que cruzavam seu caminho. Para saber se ele volta ou não, se ele vira rei ou não, só lendo ok!!!!????

Confesso que achei o livro interessante, mas a forma como o autor fez a narrativa me incomodou um pouco já que ele usou muito jogo de palavras, provérbios e ditados populares. Mas achei interessante essa questão do menino ser levado para um lugar desconhecido (lembrei da Dorothy e da Alice, que também foram levadas para lugares estranhos e até pitorescos e fizeram de tudo para voltar para casa)  fazendo assim que ele soubesse que a vida não era só seu povoado e o reino, mas muito mais, ou seja abriu seus horizontes. Além disso o autor mesclou de forma introdutória alguns assuntos importantes como guerra, escravidão, egoísmo, avareza enfim temas que fizeram o menino ver o mundo de forma mais realista.

Enfim vale a leitura, além de ser um livro nacional, ele tem ótimas mensagens de incentivo para todos. Fica a dica!!!!

 Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!!

15 comentários:

  1. Eu achei uma gracinha essa sua resenha. O livro deve ser uma fofura.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Não conhecia esse livro e adoro quando as pessoas trazem livros novos!Adorei sua resenha,agora estou curiosa para ler!Haha,
    Beijoos,
    http://loucamenteleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que lindinho *--* Gostaria de ler mais livros nesse estilo :D

    beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Apesar desse jogo de palavras do autor ser meio chato, adorei sua dica de leitura! Com certeza leria para uma criança...Amei!
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  5. Hey Hey''

    Que livro mais fofinho, meu deuso.
    Apesar dos pontos que você citou acho que você deve ter gostado do livro!!!

    Livro nacional, com assuntos importantes! Adorei a dica lindona!

    UM BEIJAO > http://apanhadordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia
    Mas parece ser um livro muito fofo

    Beijos
    @pocketlibro

    ResponderExcluir
  7. Oi, Aline!

    O livro parece ser legal, apesar de tudo. Ainda não conhecia.

    Beijos,
    Inara
    http://www.lerdormircomer.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amiga, leria simplesmente porque é nacional, mas não gostei de imaginar essa linguagem usada pelo autor... Fiquei mais interessada em ler Mágico de Oz rsrs

    ResponderExcluir
  9. Ao ler a sinopse também me lembrei de O Mágico de Oz! Rs. Não costumo ler este tipo de livro, mas sua resenha é capaz de instigar qualquer um!
    Beijo,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  10. Oi Aline!
    Pareceu-me um pouco "O Mágico de Oz", mas acho que as semelhanças são poucas.
    Não tenho o hábito de ler livros assim, mas fico feliz que tenha gostado. Não fiquei curioso pela leitura, por isso não tenho interesse em lê-lo.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    P.S.: Nessa próxima semana mandos as respostas da entrevista para você. Não esqueci! É que aconteceram uns problemas na minha família e eu não tive tempo de respondê-las com calma. Espero que me entenda.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Não conhecia o livro ainda.
    Mas gostei da sua resenha. Ele parece ser uma leitura leve e divertida.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Own, deve ser muito fofinho o livro, eu nem conhecia, mas acho que é uma grande pedida para crianças, jovens, enfim... Eu leria com absoluta certeza!
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/
    Beijão linda.

    ResponderExcluir
  13. Olá Aline, só pela capa também achei o livro bem fofo. É daqueles livros que eu gosto que não tem muita pretensão, mas acaba agradando e ótimo para passar o tempo. Sua resenha ficou muito boa, o que fez dar mais vontade de querer ler. ;)

    Beijos, Manu Blog Cereal Things.
    cerealthings.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi amiga, adorei o livro, tão fofinho. Até pensei em comprar pro meu filho, mas depois lendo sua resenha e sabendo do jogo de palavras, provérbios e tals, acho que não vai dar.
    Só daqui há alguns anos, senão meu filho num vai entender nada. Mas o livro me pareceu ser muito bom.
    Bjokas flor.

    www.lerepensar.com

    ResponderExcluir