Escrevendo sem medo - Fevereiro!!!




Oi meus amores, como estão passando de carnaval??? Espero que ótimos. Hoje venho rapidinho cumprir mais uma meta do desafio 'Escrevendo sem medo' que estou participando e confesso que quase perco prazo porque não entendo nada de poesia, então decidir só falar um pouco da minha festa favorita que no caso era o natal na casa dos meus avós já falecidos, saudades sem fim!!!

FEVEREIRO:
O poema da festa perfeita. O tema é um desafio. 
"Eu tenho dificuldades para escrever poemas, então decidi me desafiar.
Aqui, você vai escrever um poema descrevendo como seria a festa perfeita para você.
Faça da forma como desejar!"


Nada como esperar o ano inteiro para esse dia chegar
Dia que todos irão se encontrar e festejar
Unidos colocarão os assuntos em dia
Compartilharão seus momentos especiais

Bom demais ter a casa cheia de parentes
E ficar imaginando como todos ficarão numa casa tão pequena
Mas logo percebo que o estar perto é o que importa
E a troca de presentes é um complemento dos sentimentos existentes

Tão inspirador ver todos dividindo as tarefas
Juntos preparando os pratos da ceia
Cada um contribuindo com o que faz de melhor
O desejo de provar cada prato só cresce enquanto a noite chega

O natal assim sempre foi especial
Momento de reencontros, abraços e troca de carinho
Isso em uma época que não emportava registar tudo
Época de emoção e não demonstração pública

O ser feliz e comemorar juntos era o que importava
Hoje sinto falta do reencontro familiar
Hoje falta tempo e sobram desculpas
Tenho saudades dos tempos que não voltam mais



É isso meus queridos espero que gostem pelo menos de compartilhar essas lembranças comigo, não entendo nada de poesia então tirando que dividi o texto não tem nada de rima, nem gosto muito de combinações nesse aspecto. Mas para mim o importante é me desafiar e passar minha mensagem. Beijos e ótimo fim de carnaval para todos.


Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!


Releitura: Horror na colina de Darrington


Autor: Marcus Barcelos
Editora: Faro Editorial
2016 - 144 págs
Capa: Osmane Garcia Filho
Ilustrações internas: Thomaz Magno

Link da primeira resenha: Horror na colina de Darrington
Link divulgação lançamento 2016:  Edição Faro Editorial

Como vocês já sabem, conheci o autor Marcus Barcelos através do Wattpad e logo em seguida comprei e li em março de 2016 a primeira edição de 'Horror na colina de Darrington' e apesar de não ler muito terror fiquei fascinada com a escrita e narrativa do autor. Então quando soube que a Faro editorial, editora parceira aqui do blog, tinha contratado o autor e que relançaria o livro mais caprichado e com cenas adicionais não resisti e solicitei para uma releitura. Consegui ler esse mês e hoje venho apresentar para vocês minhas impressões. E posso garantir que o livro ficou ainda mais lindo e a história ficou melhor, com pontos mais amarrados tornando tudo mais real e assustador. Agora estou ansiosa pelo lançamento da sequencia que promete deixar o leitor sem dormir.

Não sou muito de reler livros, a não ser que tenha feito muitos anos que li e tenha esquecido dos detalhes, mas no caso de 'Horror na colina de Darrington' posso dizer que li com muita atenção buscando perceber o que o autor teria alterado e adicionado, acredito que percebi e gostei muito.

Para quem ainda não sabe nada do enredo desse livro, posso dizer que a história se passa numa casa que é um tipo de passagem entre a terra e a dimensão onde o mal (demônios) vive e todos que nela vivem tem um fim trágico. Além disso tem um grupo chamado Os Illuminatti, onde homens poderosos se juntam para cultuar o mal (ocultismo e rituais satânicos) e fazem de tudo para trazê-lo para terra e assim (acreditam eles) serem mais poderosos. Dessa forma existe uma conspiração para que todos que tentam entrar em seu caminho sejam mortos ou considerados loucos, como o protagonista da história.

"O que me aconteceu mudou a minha perspectiva de vida para sempre e me assombra desde então, fazendo-me duvidar da minha própria sanidade e temer pela minha segurança constantemente." pág.15

"Era difícil entender o que estava acontecendo naquele lugar e o torpor causado pelo medo anestesiava ainda mais a minha mente." pág. 34

"Quanto mais eu me aprofundava naquele pesadelo, naquelas perguntas, mais as coisas pareciam surreais." pág.57
 

Selecionei algumas das imagens do Thomaz Magno que com certeza 
deixaram o livro mais rico e empolgante:


"Existe um mal muito grande envolvido, Ben. Algo que ultrapassa qualquer entendimento humano de maldade. E essa maldade se alimenta de inocentes, de desespero. Alimenta-se de vida ... Desde os primórdios da raça humana, existem homens que almejam invocar e libertar essa maldade no mundo visando lucros infinitos, poderes impressionantes." pág. 81

"Além do medo constante que agora morava dentro de mim, crescia também um forte sentimento de ódio e uma sede de vingança que eu jamais experimentara." pág.93


Penso que todos que gostam de suspense, terror e ação irão amar esse livro nacional que ao meu ver é tão bom quanto um internacional. Fica a dica de leitura empolgante, envolvente e reflexiva. Quero saber quem leu ou deseja ler ok!!!???


Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

Desventuras em série #2 - A sala dos répteis

 

Autor: Lemony Snicket
Editora: Cia. das letras
181 Págs. - 2001
Resenha: Mau começo

Como falei na resenha de Mau começo, eu já tinha os dois primeiros exemplares dessa série e decidi ler. Gostei de ambas as histórias, apesar de ficar morrendo de pena desses irmãos e ter esperança deles ficarem bem e felizes, pelo menos no último livro (talvez seja isso que motiva o leitor a ler os 13 livros) confesso que se tivesse os outros por aqui iria ler todos seguidos, pelo menos um por mês; mas como não os tenho fisicamente decidirei se irei ler os demais em ebook mesmo. Enfim a leitura flui bem devido a narrativa objetiva e os capítulos curtos.

Nesse segundo livro os órfãos estão indo morar na casa de um tio distante, o tio Monty, Dr Montgomery, um herpetologista famoso e excêntrico. Ele ficou muito empolgado com a vinda das crianças para sua casa, assim ele teria companhia além das suas cobras. Todos se dão muito bem logo de cara. O tio deixa que eles o ajudem com seus trabalhos de pesquisa com as cobras, cada um dentro de suas habilidades de criação, pesquisa/leitura e morder (sunny) seriam importantes para o tio e a noite teriam diversão.

"Os três Baudelaire, que haviam mostrado tanta apreensão quando passaram pelos arbustos com forma de cobras na primeira vez, agora fizeram o mesmo trajeto até o carro do sr. Poe correndo na maior algazarra e sem a menor preocupação." pág.23

"Violet, Klaus e Sunny, com os olhos fixos na Sala dos Répteis, constataram que viver com o tio Monty significava o fim de suas amarguras e dificuldades. Estavam enganados ... mas, naquele momento pelo menos, os três irmãos viviam um momento de animação, esperança e felicidade." pág. 30


Quem conhece a série sabe que o vilão conde Olaf não desistirá facilmente de tomar posse da herança dos Baudelaire, então ele arranjará uma forma de se infiltrar na casa do Dr. Monty e causar o caos.

"As vezes as pessoas pensam que os órfãos, por serem infelizes, eram também abobalhados." pág. 14

As crianças tentarão de todo jeito alertar os adultos da presença do conde Olaf, mas não serão levadas a sério até ser tarde demais. Elas terão que conseguir provas para comprovar que estão certas.

"É uma coisa curiosa, a morte de um ente querido. Todos sabemos que nosso tempo neste mundo é limitado, e que finalmente todos acabaremos debaixo de algum lençol, para não acordar nunca mais. No entanto, é sempre uma surpresa quando isso acontece a alguém que conhecemos. É como subir a escada para seu quarto no escuro, e achar que há mais um degrau do que realmente há. O pé resvala no ar e segue-se um aflitivo momento em que, colhida às cegas pela surpresa, a pessoa tenta adaptar-se à escuridão." pág.95

Gostei muito dessa leitura, fiquei o tempo todo tensa com os perigos que os órfãos viveram além de mais uma vez ficar revoltada pelo conde Olaf ser mais esperto que todos os outros adultos da história e pelas crianças não serem levadas a sério quando o assunto colocava a vida delas em risco. 

Acredito que o autor quis através da história dessa série chamar a atenção dos leitores (além de uma crítica social) para os vários perigos que crianças órfãs (ricas ou não) vivenciam em suas vidas. No caso especifico da história, as crianças acabaram de perder os pais e não conseguem se realocar em um novo lar porque um ser do mal as persegue friamente e os adultos 'responsáveis' por elas não conseguem protegê-las nem prender o conde Olaf. É revoltante!!!



Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

Eu sou as escolhas que faço - Elle Luna


Autora: Elle Luna
Editora: Sextante
164 págs. - 2016

Quando esse livro foi lançado ano passado fiquei apaixonada logo de cara pelo titulo e pelas cores da capa, todos sabem o quanto acredito no poder de conquista de uma bela capa, então decidi pedi de presente de natal para minha sogra, assim poderia ler aos poucos sem prazo para conclusão. E dessa forma poderia aproveitar ao máximo a proposta da autora do livro. E posso garantir que esse livro realmente mexeu comigo e me fez discordar e concordar com a autora em vários momentos, mas persistindo na leitura acabei por entender o questionamento dela e seu objetivo de fazer o leitor ter consciência das escolhas que faz em todos os momentos da sua vida.


Elle Luna propõe que vivamos pela paixão e não pela segurança (pelo o que entendi ela define como viver sem riscos e sem muitas emoções, a vida cotidiana sem nada de desafiador). Nesse ponto discordei um pouco dela, apesar de entender seu ponto de vista, penso que cada um tem o livre arbítrio para decidir qual tipo de vida lhes faz feliz, muitas vezes o que para uns é comodismo e desânimo, para outros significa segurança, relaxamento, paz e felicidade. Penso que a leitura de livros assim é muito positiva porque faz o leitor refletir se sua vida está do jeito que lhe faz feliz ou se realmente ele se deixou adormecer pela rotina e esqueceu dos seus sonhos e de colocar em pratica seus dons para viver com paixão.

E como a própria autora expõe no inicio do livro ... "Escrevi este livro para compartilhar o que descobri na minha própria jornada e o que mais ajudou as pessoas que conheci. No entanto, não se trata de um livro de respostas, porque elas estão dentro de você; está é uma coletânea das melhores perguntas com as quais me deparei ao longo do caminho."

O livro é lindo, já que a autora é designer e ilustradora. Além de "inspirar o leitor a traçar uma nova trajetória de vida, deixando para trás as escolhas convenientes e criando um futuro que represente sua verdadeira identidade" ela faz com que a leitura seja prazerosa e rápida devido as imagens, cores e perguntas feitas ao longo do livro.

Escolhi algumas das imagens que mais gostei:


Essas últimas são da Elle Luna, essa linda jovem que vem dar "um sacode menina" nas pessoas que costumam viver de forma mecânica deixando de lado aquilo que a faz única (identidade, dons e sonhos).


A autora convida todos a compartilhar suas ideias através das 
#choosemust  #escolhaapaixão

Conheça mais do trabalho dela em elleluna.com 


"Apesar de esta jornada pedir que você se entregue ao desconhecido, não se trata de colocar a si mesmo - e muito menos as pessoas a seu redor - em risco. Seguir uma paixão, um desejo, não deve ser uma façanha perigosa. Isso é algo muito importante, muito importante mesmo, para ser feito por capricho ou por mero entusiasmo. Esse tipo de atitude é morte certa. As mudanças mais sustentáveis acontecem devagar, de modo bem pensado e com tranquilidade. Elas não aparecem por impulso - são construidas com uma intenção sóbria e calma." pág.124


É isso meus amores espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais do livro 'Eu sou as escolhas que faço' e que se permitam conhecer e refletir, com certeza você sairá mais feliz e empolgado após ler as perguntas e avaliações da Elle Luna. Fica a dica de leitura!!!


Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

Ao seu encontro - Abbi Glines


Série Rosemary Beach 
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro  
(Recebido em parceria)
224 Págs. - 2017


Que eu adorei o primeiro livro do casal Mase e Reese, À sua espera, todos já sabem. Penso até que da forma como ele terminou talvez não fosse necessário um segundo livro. Mas após ler Ao seu encontro posso dizer que ele foi necessário para explicar melhor alguns pontos e colocar um ponto final no passado sombrio de Reese. Foi ótimo acompanhar o crescimento dos personagens e me emocionar com suas conquistas e com o fortalecimento do amor que desde o inicio tinha tudo para convencer.

Nesse segundo livro Reese descobre que tem uma família, conhece seu pai biológico e com isso ela consegue pensar em fazer parte de uma familia de verdade, além do que já tem com o Mase. Reese e Mase agora estão morando juntos e dessa forma estão cada dia mais ligados. Reese começa a desejar ter um trabalho além de continuar estudando, agora que conseguiu superar sua dificuldade de aprendizagem.

Mas nem tudo são rosas, o amor deles será colocado à prova de fogo porque Aida, prima apaixonada de Mase fará de tudo para continuar tendo a atenção total do primo e River Kipling, capitão - irmão de Blaire ficará fascinado por Reese assim que a vê pela primeira vez e dessa forma colocará questionamentos na cabeça dela sobre Mase e Aida, além de a deixar perturbada por demonstrar seu interesse nela.

Pra piorar tudo o padrasto de Reese volta e trás consigo todo terror que ela já estava enterrando. Mas para sorte dela não faltarão valentões para protegê-la, agora ela tem o pai, o namorido e um admirador.

A forma como tudo se organiza no final me deixou mais que satisfeita. Além disso consegui imaginar quem ficará com quem nos próximos dois últimos livros da série (livro do Capitão e o livro da Nan). Enfim essa leitura foi ótima e fluiu super bem porque a narrativa da Abbi Glines é objetiva e em primeira pessoa revezando-se entre os personagens, além dos capítulos curtos que deixam o leitor bem curioso. Mega indico para todos que já estão conferindo a série Rosemary Beach e para quem gosta de romances hot que abordam assuntos de importância social (crítica e reflexão).


Leia também a resenha: À sua espera 



Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

Lançamento - Morte Lenta - Faro Editorial

E ai quem gosta de lançamento \o/ então convido a se programar porque em março a Faro editorial lançará Morte Lenta, livro que promete agradar os apreciadores de um bom suspense. 

Vamos conhecer melhor o enredo dessa história e seu criador.


Sinopse:

'Dez anos atrás, Suzanne, uma garota de 14 anos, simplesmente desapareceu sem deixar qualquer vestígio. Filha do então senador Benjamin Lombard, agora poderoso vice-presidente dos EUA, o caso continua sem solução e se transformou numa obsessão nacional.
Para Gibson Vaughn, renomado hacker e mariner, trata-se de uma perda pessoal. Suzanne era como uma irmã para ele. No décimo aniversário do desaparecimento da garota, o ex-chefe de segurança de Benjamin Lombard pede a ajuda de Gibson para realizar uma investigação secreta e entrega a ele novas pistas.
Assombrado por memórias trágicas daqueles dias, Gibson acredita ter agora a chance de descobrir o que realmente aconteceu. Utilizando as suas habilidades, já em suas primeiras pesquisas descobre uma rede de múltiplas conspirações em torno da família Lombard e se depara com adversários poderosos – e perigosos – que farão qualquer coisa para silenciá-lo. Ao mexer no vespeiro, novas informações e personagens vêm à tona, a identidade de Gibson é revelada, tornando-o igualmente vulnerável.
E enquanto navega por essa teia perigosa de fatos, ele precisa estar sempre um passo à frente se quiser descobrir a verdade… e se manter vivo.'

Conhecendo o autor:



MATTHEW FITZSIMMONS nasceu em Illinois, mas cresceu na Londres punk na década de 1970, próximo à Kings Road. Sua infância, até então idílica, foi quebrada pela experiência traumática ao assistir Star Wars em 27 de dezembro de 1977, na Leicester Square. Ao lado, ouvia o ronco de seu pai durante a sessão daquela que era, claramente, a maior conquista cinematográfica de todos os tempos. Foi quando começou a ter certeza de que mentiram pra ele, pois deve ter sido adotado. Graduou-se em Psicologia, estudou teatro, morou em Nova York e depois na China, onde rascunhou sua primeira ficção política. Atualmente mora em Washington, onde leciona literatura inglesa e teatro. Este livro de estreia alcançou tamanho sucesso que o autor decidiu contar novas histórias sobre o hacker investigador.

E ai quem ficou empolgado para ler Morte lenta??? 
Eu confesso que fiquei. Fiquem ligados que em breve escrevo minha opinião por aqui.





Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!


À sua espera - Abbi Glines


Série Rosemary Beach 
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro  
(Recebido em parceria)
230 Págs. - 2016


Que eu adoro a autora e sua série Rosemary Beach vocês já sabem e esse livro veio para ficar entre os melhores da série. Abbi Glines já começa essa história dando um banho de realidade no leitor e nos apresentando uma protagonista que vive um inferno, sendo odiada pela mãe, ela não conhece o pai, é assediada diariamente pelo padrasto, além disso ele sofre por não consegui aprender na escola. Confesso que o início foi bem 'punk' e me senti lendo um drama da realidade mesmo, fiquei com o coração na mão e torcendo para Reese consegui fugir dessas pessoas que só faziam mal a ela. Pensei em tantas mulheres que passam por situações semelhantes e não conseguem se libertar por vários motivos. Enfim respirei um pouco mais aliviada quando a história pulou dois anos e Reese já estava estabelecida em Rosemary Beach sendo a melhor faxineira que os nossos personagens tão conhecidos já tinham visto até o momento e foi assim que o caminho dela cruzou o caminho do Mase, o caubói lindo dessa história.

Adorei a forma como Mase ficou encantado com Reese e soube ter paciência para ajudá-la a superar seus traumas e dificuldade de aprendizado. Além disso ele teve que ter um autocontrole fora do comum para controlar seu desejo e vontade de tocar Reese. Assim como ele fiquei na expectativa do primeiro toque, primeiro beijo, primeiro momento mais quente e claro pela primeira noite deles juntos e a autora soube criar momentos emocionantes e cheios de sentimentos e tesão claro, quem lê essa série sabe do que a autora é capaz.

Também adorei rever os outros personagens dessa série e a amei forma como eles acolheram Reese, exceção da Nan (a megera mor da série, já imagino quem será o moço que ajudará na transformação dela; ansiosa para seu livro. Tenho esperança nessa redenção da personagem). De uma forma geral a história transcorreu do jeito que eu esperava e torcia. Só confesso que achei o conflito que afastou Mase de Reese um pouco fraco, mas entendi que tudo foi devido à insegurança dela.

Enfim eu mega indico a leitura para os fãs de romance hot. Mas aviso que para quem deseja ler a série é bom ler na ordem em que ela foi lançada, porém caso queira ler um livro hot aleatório, dá para ler esse e compreender tudo. É isso meus queridos, fica a dica de mais uma leitura que li e adorei!!!

Imaginei os personagens assim:

(Atores nacionais que adoro: Eduardo Magalhães e Rafaela Mandelli)


"Nessa ardente paixão que nasce entre a doce e batalhadora Reese e i centrado e sexy Mase, Abbi Glines mais uma vez mescla tristezas da vida real com amores de contos de fadas e nos faz suspirar até a última página." Citação da contra capa!!!

"Deixei que me ajudasse porque estava certa de que era a última vez que veria aquele homem. Ele não sabia, mas havia me dado esperanças. E me mostrado que nem todos os homens são maus." Pág. 26

"Mase Colt Manning luta por aqueles que ama. Ele é assim. E eu sei que ele tentou lutar por você. Ele queria vencer suas batalhas. (...) O problema é que meu menino vai com tudo em qualquer coisa que faz. E, quando decidiu se apaixonar, ele se apaixonou completamente." Pág. 210

"A dor do meu passado. A dor que antes acompanhava qualquer contato, sexual ou não, não estava mais em minha vida. Esse homem era o meu mundo. Ele me amava. Era gentil e cuidadoso comigo. E eu queria estar o mais perto dele possível. Queria saber como era ser um só corpo com ele. Isso não era sujo nem errado. Era belo e puro." Pág. 223




Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!!
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!